Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

terça-feira, 20 de maio de 2014

Emoção e dor no sepultamento de Isabelle em São Francisco de Itabapoana

Familiares clamam por justiça durante o enterro.




Emoção e dor marcaram o sepultamento da menina Isabelle, 10 anos, na manhã desta terça-feira, 20, no Cemitério de São Francisco de Itabapoana. O sentimento de justiça foi a tônica durante o desabafo de familiares e amigos.

Uma pessoa da família subiu em uma sepultura e fez o desabafo. “Sei que nada vai trazer de volta as vidas de Isabelle e de sua mãe Gilcilene. Porém, penso que a prisão do assassino irá amenizar nosso sofrimento. Queremos justiça”, disse sob aplausos uma tia da menina.  

Estes crimes aconteceram no Assentamento Zumbi dos Palmares, em Campelo, Campos dos Goytacazes. Nunca na história local um crime comoveu tanto a cidade de São Francisco de Itabapoana, justamente por se tratar de famílias conhecidas e tradicionais do município, sem falar na angústia para todos que aguardavam notícias de Isabelle.

A dor após a perda da Gilcilene era acalentada pelo fio de esperança de encontrar a Isabelle com vida.

Depois de sepultarem Gilcilene Paes Pereira, 44 anos, na última sexta-feira (20), os familiares e amigos voltam ao cemitério para a despedida de uma criança também barbaramente assassinada.

Coube ao pastor Adilson Sacramento, que é primo de Isabelle, fazer uma oração que levou muitos às lágrimas. Pela Igreja Católica falou o ministro de eucaristia Francisco Barreto (seu Chico). Ambos os religiosos pediram a Deus que esteja no controle da situação junto aos familiares, neste momento difícil.

Ainda no cemitério correu um boato de que o suspeito havia sido preso pela Polícia, o que não foi confirmado pelas autoridades policiais.








Ubirajara Barreto, pai de Isabelle, ao centro, sendo amparado por pastor Adilson e um familiar
Avós maternos de Isabelle, seu João Pereira e Dona Cacilda Paes

Nenhum comentário: